sábado, 23 de julho de 2016

Orçamento de Pintura Residencial Online Gratis

Fazer um orçamento de pintura bem feito e correcto nem sempre é fácil. Cada profissional de pintura de casa terá o seu método e a sua própria maneira de chegar a um valor, que irá apresentar ao seu cliente, mas será que o orçamento que efectuou está bem feito e vai agradar a esse cliente?

Quando um possível futuro cliente contacta uma empresas de pintura de construção civil profissional, o que espera em primeiro lugar é que esteja a contactar realmente com uma empresa profissional. Para se ser uma empresa profissional não basta apenas fazer um trabalho de qualidade, até porque isso, a acontecer, só se irá reflectir no final do trabalho feito, por vezes três, quatro ou cinco anos depois.
A primeira imagem que uma empresa dá, por vezes, traça o seu destino em relação a esse possível cliente, por isso, desde o primeiro momento, a postura deve ser de grande profissionalismo, o qual passa por se mostrar sério, capaz, e competente, em relação ao trabalho que se propõe vir a fazer.

 Orçamento de Pintura

Orçamento de pintura passo mais importantes, no início duma relação comercial deste género, começa portanto com o orçamento que se irá apresentar. Se este orçamento não for bem feito, correto, devidamente explicativo e que não passe um mensagem de grande profissionalismo e confiança, então, essa relação poderá estar logo à partida comprometida.
Assim, para ajudar os profissionais a elaborarem um orçamento bem feito vamos deixar aqui neste artigo alguns conselhos e dicas.

DICAS INICIAIS

  • Nunca faça um orçamento dando apenas uma vista de olhos ao imóvel que vai ser pintado, essa atitude não passa uma imagem de profissionalismo;
  • O orçamento é apenas a primeira parte de um serviço que deve ser bem feito, e a maneira como é feito pode mostrar a seriedade do profissional, e pode ser a sua porta de entrada para conseguir o trabalho;
  • O orçamento deve ser bem trabalhado, estudado e organizado;

DICAS IMPORTANTES

Caso ainda não tenha, crie uma folha de registo de informações para orçamento. Esta será a base de trabalho para si, quando chegar ao escritório pode começar a elaborar o orçamento baseado nas informações que aí registou. Assim nessa folha deverá registar os seguintes dados:
1Identificação do cliente:
  • Anote o nome completo;
  • Morada completa;
  • O que vai ser pintado;
  • Data prevista do início da pintura;
2Diagnóstico das superfícies a serem pintadas:
  • Se for uma superfície nova faça uma descrição pormenorizada desta;
  • Se for uma repintura, registe o estado em que se encontra;
  • Anote os problemas das superfícies, como a existência de rachas, descascamento da tinta velha, zonas com bolores ou humidades, etc;
3Descreva os serviços que serão necessário efectuar:
  • Como a preparação das superfícies;
  • O tipo de pintura que será feita;
  • Cite a marca e o nome dos produtos que vão ser utilizados em cada etapa (reparações, preparação, pintura);
  • O números de demãos, etc;
4Cronograma do tempo para executar o serviço:
  • Registe as datas previstas do início e término do serviço;
  • Se a obra for muito grande e vá demorar muito tempo, separe por etapas, por exemplo, o tempo de preparação da superfície, da pintura externa, da pintura interna, da pintura das portas, etc;
  • Descreva ainda a forma e/ou o cronograma de pagamento acordado com o cliente;

Para chegar ao valor final do orçamento deve levar em consideração mais alguns factores;

  • O tipo de pintura;
  • Os produtos que serão usados (massas, tintas, primários, lixas, etc.);
  • Equipamentos necessários extras (andaimes, etc.);
  • Calcule as despesas que vai ter com transporte, almoços, etc.;
  • Calcule muito bem o tempo que vai demorar a fazer o serviço e o pessoal necessário;
  • Finalmente acrescente o seu lucro;

Alguns Conselhos Finais

  • Apresente sempre um orçamento em papel timbrado, assinado e carimbado, com a explicação do trabalho que será feito;
  • Em anexo ao orçamento deverá enviar a memória descritiva dos trabalhos a realizar e materiais a utilizar, veja um exemplo aqui;
  • Tente cumprir sempre os prazos previstos, elabore um plano com os tempos para cada tarefa;
  • Explique muito bem ao cliente o trabalho que deve/vai ser feito;
  • Utilize sempre os materiais/tintas que estão descritos no orçamento ou memória descritiva;
  • Não descure os pormenores para acabar mais rápido;
  • Mesmo que o trabalho demore um pouco mais de tempo do que orçamentou inicialmente, não faça o cliente pagar por isso, esta situação pode parecer um truque. Não vai querer perder um cliente futuro apenas para receber um pouco mais;
  • Se o cliente lhe pedir trabalhos adicionais aos que estavam inicialmente previstos no orçamento, faça uma adenda a este, onde inclua essas informações, o mais detalhadas possível;
  • Nunca se esqueça, um cliente satisfeito é um cliente para sempre;

Esperamos que estes conselhos e dicas o possam ajudar a prestar um ainda melhor serviços aos seus clientes.